GRUPO CASA DE MARIMBONDO

Tempo de leitura: 1 minuto

O grupo Casa de Marimbondo busca, através do samba, fomentar a reflexão social e aproximar pessoas de ideologias diferentes. O Casa de Marimbondo, assim como a maioria das rodas de samba, começou despretensiosamente pelas esquinas do Rio de Janeiro, especificamente nas penínsulas do samba de Vila Isabel e Santa Teresa.

Formada por 8 amigos de longa data, a roda de samba que servia de lazer para extravasar as semanas de labuta no trabalho, começou a ganhar forma com o passar dos anos e recentemente, devido aos acontecimentos dos últimos anos, começou a buscar sua autenticidade resgatando o real valor do gênero musical centenário: O protesto em forma de música.

Assim, no dia 7 de setembro de 2016, uma semana após o golpe de estado no Brasil, o grupo deu origem ao projeto “Samba da Resistência”, que simbolizava aquela que seria uma espécie de missa de sétimo dia da democracia, estendendo o projeto, e realizando uma roda de samba por mês, sempre com o mesmo contexto de defender a democracia, buscando conscientizar as pessoas dos problemas vividos pelo povo brasileiro, relembrando músicas de cunho político-social e aproximando pessoas de pensamentos diferentes.

O nome do grupo faz uma referência à música de João Bosco, do CD “Caça a Raposa” que define o samba não como contravenção mas como a opinião de quem cobra por seus direitos.

Falar de protesto é de suma importância mas antes de mais nada é preciso falar de amor, principalmente por estarmos passando por tempos muito conturbados com potencial energético muito grande.

Portanto é preciso reclamar sem apontar o dedo para os outros e arregaçar as mangas pra avançar, passando esse movimento a diante.
Esse é o espírito do Casa de Marimbondo.

Seja um apoiador do Giro 0800 a partir de R$ 1,00 e ganhe vários prêmios  Clique aqui 

SERVIÇO

GRUPO CASA DE MARIMBONDO
Local: Bar da Nalva
Endereço: Rua Silvio Romero, 08
Centro – Rio de Janeiro – RJ
Horário: 20 horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *