CARNAVAL DAS CULTURAS DO MUNDO

CARNAVAL DAS CULTURAS DO MUNDO

Tempo de leitura: 3 minutos

Reunir toda pluralidade do nosso país num só lugar, essa é a proposta do Carnaval das Culturas do Mundo”. Aberto ao público e com entrada franca, o evento reunirá a diversidade cultural em forma de canto, música, arte e dança. Organizada pela ONG Pra fazer Cultura (PRAFAC), a iniciativa tem como objetivo promover uma grande miscelânea cultural. A programação contará com sanfoneiros de Forró e ritmos do Norte e Nordeste e festivais de cultura cigana, árabe e folclore. O palco receberá ainda bandas de todos os estilos, grupos jovens, infantis e projetos sociais. No local haverá também cerca de 50 stands com artesanato, moda, arte e gastronomia.

O público poderá acompanhar diversas atrações, como o Encontro de Corais, Festival de cultura cigana, de danças orientais e folclore árabe. No espaço acontece também o Varal de poesias e oficinas gratuitas, como de contação de histórias, samba de roda, ciranda, dança afro, folclore entre outras. As pessoas vão ainda ajudar a eleger a Musa e o Muso do Carnaval das Culturas, através de um divertido concurso. E um grande Bailão a céu aberto acontecerá ao final de cada noite.

A cidadania e a inclusão também têm papel de destaque no evento, com a promoção de alguns desfiles de moda com modelos moradores de comunidades do Rio. Um deles será o Comunidade Fashion, que contará com jovens do Borel, Formiga, Providência e Gamboa. O Comunidade Fashion é iniciativa do músico e dançarino Rodrigo Braz, idealizador do famoso projeto Rainha das Favelas.

Segundo a idealizadora Lúcia Sons, o projeto foi inspirado num evento do mesmo nome que acontece há mais de 20 anos na cidade de Berlim, Alemanha. Sons diz que o ‘’Karneval Der Kulturen Der Welt’ foi criado para socializar as inúmeras nações que ocupam a capital alemã, com objetivo de estudar ou trabalhar. “Já no Brasil, ele é bem mais abrangente, pois mistura culturas, etnias e classes sociais”.

Mas o intuito não é só promover alegria e animação. Incluído oficialmente esse ano no Calendário Oficial do Governo do Estado, a versão tropical realiza uma grande função social. Em todas as edições são convidados grupos artísticos de inúmeras comunidades de risco, como Cidade de Deus, Vidigal, Rocinha, Cantagalo, Borel, Vila Vintém, Gardênia Azul, Maré, Cidade Alta, Tavares Bastos entre outras. “É uma forma de apoiar os nossos jovens e crianças, mostrando para a sociedade todo o talento que eles têm”.

Lúcia ressalta que o impacto social está também na escolha dos representantes. Como Rainha, foi eleita a jornalista da TV Brasil Fernanda Honorato. Ela é a primeira repórter com síndrome de Down do país. E o rei é o coreógrafo Lúcio Santos. Ele coordena, juntamente com mais dois professores, a Companhia de Dança Trevo, na Cidade de Deus, que tem como objetivo oferecer aos jovens, moradores da comunidade e adjacências, uma opção de vida ligada à arte e à cultura.

Por meio do projeto, pretendemos promover não só a inclusão social, como também o resgate de culturas quase extintas ou adormecidas, a mistura de classes e estilos num mesmo espaço. Assim podemos exaltar a importância da boa convivência e incentivar o respeito às diferenças – conclui Sons.

Seja um apoiador do Giro 0800 a partir de R$ 1,00, conheça o projeto  Clique aqui 

SERVIÇO

CARNAVAL DAS CULTURAS DO MUNDO
Datas: 08 a 10 de Setembro
Local: Boulevard Olímpico
Praça Mauá – Rio de Janeiro – RJ
Horário: 12 h às 21 h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.