CANTOR SIBA

CANTOR SIBA

Tempo de leitura: 2 minutos

Cantor Siba. Nascido na cidade cosmopolita do Recife, em uma família que até hoje mantém sua forte ligação com suas origens rurais, Siba cresceu entre a cidade e o interior, dois mundos que fazem parte de um mesmo todo. Desde seus primeiros contatos com as tradições da Mata Norte, começou uma longa história de aprendizado e colaboração, exercitando ao longo dos anos os fundamentos da poesia ritmada para se tornar um dos principais mestres da nova geração do maracatu e dos cirandeiros. Ao mesmo tempo, como membro da banda Mestre Ambrósio, desenvolveu um estilo musical inovador e singular.

Em 2002, depois de morar em São Paulo por sete anos, formou o grupo Fuloresta, formado por músicos tradicionais de Nazaré da Mata. O álbum de estreia, “Fuloresta do Samba”, foi lançado em 2003, seguido de apresentações em todo o Brasil. O grupo também fez oito turnês europeias entre 2004 e 2011. “Toda vez que eu dou um passo / O mundo sai do lugar” foi o segundo lançamento de Siba e da Fuloresta, com participações como as de Céu, Beto Villares, Marcelo Pretto, Fernando Catatau, Isaar França e o cirandeiro Zé Galdino. Em 2008, o grupo gravou CD e DVD ao vivo, pelo Itaú Cultural, no qual o cenário do show foi produzido pela dupla de grafiteiros OsGêmeos. Em janeiro de 2012, Siba gravou seu primeiro disco solo, “Avante”, que foi muito aclamado pela crítica.

O Museu de Arte do Rio – MAR, sob a gestão do Instituto Odeon, celebra o seu 7º aniversário no dia 1º de março, junto com a cidade do Rio. Para comemorar, a instituição preparou uma programação especial, que será realizada durante todo o mês. Na sexta-feira, 13, a partir das 18h, os pilotis do museu recebem o cantor Siba, que realiza show inédito na 2ª edição do evento MAR de Música em 2020.

O pernambucano apresentará pela primeira vez em terras cariocas o álbum “Coruja Muda”, recheado de referências à cultura popular da Mata Norte de seu estado natal e à música popular brasileira de ascendência nordestina. As composições também são inspiradas nas tradições de poesia oral da região, na música da diáspora africana e no seu refluxo na música moderna do continente, especialmente no Congo. Para abrir a noite gratuita, a DJ TataOgan anima o público com um set focado na mistura de linguagens ancestrais, contemporâneas e futuristas. O MAR de Música também conta com barraquinhas de comidas e bebidas típicas da região portuária, uma parceria com os Vizinhos do MAR.

Seja um apoiador do Giro 0800 a partir de R$ 1,00, conheça o projeto EU QUERO 

SERVIÇO

CANTOR SIBA
Data: 13/03/2020
Local: Museu de Arte do Rio – MAR
Endereço: Praça Mauá 5
Centro – Rio de janeiro – RJ
Entrada gratuita (sujeito a lotação)
Horário: 18 horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.