LUCIO SANFILIPPO

LUCIO SANFILIPPO

Tempo de leitura: 1 minuto

Há cantores, e não são muitos, que têm tamanho rigor na escolha e identificação tal com as músicas às quais emprestam sua voz que não seria incorreto chamá-los, também, de autores. Lucio Sanfilippo é um deles. Seu repertório, lapidado em anos e anos de pesquisa e apresentações em bares cariocas, é hoje uma espécie de carta de intenções. Sambas, jongos, afoxés, cocos, cirandas se unem sem colisão a músicas que a classificação tradicional guardaria no escaninho da chamada MPB. Lucio amalgama essas canções como se sempre estivessem ali, juntas.

O conceito de autoria se presta, igualmente, em sua definição mais essencial. Isso porque, bebendo na água da tradição mas adicionando marcas próprias, Lucio tem revelado uma interessante faceta de compositor. Sua assinatura está em músicas como Ciranda sem fim para Lia e Festa pra Logum Edé, que integram seus dois CDs: Canções de amor ao Léo, de 2005, e A flor do velho engenho, de 2010, ambos pela Zambo Discos – há um terceiro, Cordel de Fitas, lançado em 2001, no qual ele canta composições de Lenildo Gomes e Luiz Flávio Alcofra.

SERVIÇO

LUCIO SANFILIPPO
Data: 25/06/2016
Local: Al-Farabi
Endereço: Rua do Rosário, 30
Centro – Rio de Janeiro – RJ
Horário: 15 horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.